sexta-feira, 14 de março de 2008

Crise é a pior dos últimos anos

A situação financeira é crítica. Os jogadores estão com quase dois meses de salários atrasados e os funcionários não recebem há três. Já tem gente jogando a toalha. Um enfermeiro que começou a trabalhar em outubro do ano passado não recebeu nada até janeiro, nem sequer vale transporte ou tíquete alimentação. Preferiu ir embora e deixou uma conta de R$ 350 pendurada no restaurante da Gávea.
O hotel da concentração ameaça fechar as portas para o clube por falta de pagamento. Os credores estão bloqueando renda das bilheterias. Os dirigentes culpam administrações passadas, mas não parecem preocupados em poupar. O dinheiro gasto por Márcio Braga na Europa, quando foi à Fifa reivindicar uma causa perdida, pagaria vários funcionários que recebem salário mínimo e estão passando fome.

Um comentário:

Dumuro disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Zoando os chorões!

Loading...