sexta-feira, 18 de abril de 2008

Guerra de vaidades divide o grupo

Diego Tardelli está chateado e a assessoria de imprensa do Flamengo está tentando abafar o caso. O vice de futebol Kléber Leite proibiu o atacante de dar entrevistas por tempo indeterminado, por causa do comentário que gerou polêmica na Gávea quando se praparava para entrar no final do clássico com o Botafogo: "Entrar agora? Sou salvador da pátria?", ironizou.
Tardelli não é o único insatisfeito. Gavilán criticou Joel e quer ir embora. Maxi também acha que não tem futuro na Gávea. Kléberson e Marcinho, embora aproveitados, já deixaram claro que estão no clube apenas de passagem. Quem acompanha o trabalho da FlaPress sabe que já foi publicado aqui diversas vezes que Joel é pressionado por alguns jogadores, que exigem a escalação do time que terminou a temporada passada. Ciente de que se trata do grupo mais forte, capaz de promover mudanças no comando se preciso, Joel obedece as ordens e ainda os chama de tropa de elite.
A guerra de vaidades não tem fim. Quem chega de fora dificilmente consegue se enturmar. Souza não anda com os prata da casa, que são os principais responsáveis pela divisão no elenco, mas conquistou seu espaço na marra. O maior prejudicado, como sempre, acaba sendo o Flamengo.
Foto: Agência Fotocom.net

3 comentários:

Anônimo disse...

melhor amigo do souza é o egídio, que por um acaso é prata-da-casa.
vc se "enganou" no texto.

Jonas disse...

acho que o terxo quis dizer que Souza não é amigo da panela toda... pode ser de um ou outro... mas não de todo mundo...

Jonas disse...

esse é o problema de generalizar... tá na cara que Ibsoin e Souza não se dão... cada um tem seu grupo... mas até que de uns tempos para cá nunca mais houve problema. de qualquer jeito, o qu está escrito aí é o que eu escuto falar realmente quanto vou de vez enquando a Gávea

Zoando os chorões!

Loading...