terça-feira, 18 de março de 2008

Braga defende verdadeiros culpados

Se o Flamengo tivesse vencido o fraco Coronel peruano com nome de molho de macarrão na estréia, já estaria praticamente classificado para a próxima fase da Libertadores e não teria medo de enfrentar o Cienciano nos 3.310 metros de Cuzco. A partida será no dia 9 de abril, mas o presidente Márcio Braga já avisou que o time não vai.
A imprensa criou um desnecessário clima de guerra contra o Nacional, no Uruguai, e os jogadores caíram. Toró e Léo Moura foram expulsos e não estarão em campo amanhã, na partida de volta. Se o Flamengo for derrotado, estará praticamente eliminado. Culpar a altitude é tentar proteger os verdadeiros responsáveis pelo fracasso.

Nenhum comentário:

Zoando os chorões!

Loading...