sábado, 19 de abril de 2008

Técnico é alvo de novas críticas

Depois da vitória sobre o Cienciano, Joel disse que o Flamengo não escolhe adversários e com força máxima é praticamente imbatível. Parece que a derrota para o Botafogo fez o técnico mudar de opinião, porque agora ele já está fazendo cálculos para saber quem o rubro-negro vai enfrentar na segunda fase da Libertadores.
O Flamengo ainda tem condições de ser o clube de melhor campanha na primeira fase da Libertadores. Basta golear o inexpressivo Coronel Bolognesi, na próxima quarta-feira, no Maracanã. No entanto, Joel não deu muita impotância ao fato e explicou que chegar em primeiro lugar pode não ser tão bom negócio assim.
Na Gávea, a declaração foi considerada digna de quem pensa pequeno. O Flamengo é infinitamente superior ao Bolognesi e tem condições de vencer por 5 a 0. Ninguém duvida disso, mas Joel parece não crer. Além de desbancar o Fluminense, o primeiro lugar daria a vantagem de jogar em casa todas as partidas de volta, até a final.
Joel conquistou o título Brasileiro e a Copa Mercosul pelo Vasco, em 2000, mas poucos lembram que ele assumiu apenas para as duas decisões. O responsável pela campanha do time foi o técnico Oswaldo de Oliveira, que foi demitido por Eurico apenas por ter cumprimentado Leão em São Januário, algo que o dirigente havia proibido.
Joel assumiu e foi campeão. Quando os críticos o chamam de técnico caseiro, por não se dar bem em campeonatos nacionais e internacionais, Joel sempre usa esses dois títulos como argumento. Ninguém tira o mérito, afinal é o nome dele que está gravado como campeão. Mas, na Gávea, há quem conteste sua capacidade.

6 comentários:

Anônimo disse...

Uma pena que apenas a perda do carioca e a eliminação na Libertadores resultariam na demissão deste retardado.

Cachaça tá fudendo com o que poderia ser o nosso melhor ano nos últimos tempos!

Anônimo disse...

"Além de desbancar o Fluminense, o primeiro lugar daria a vantagem de jogar em casa todas as partidas de volta, até a final."

Raciocina um pouquinho, Maximino: Se ficarmos atrás do Fluminense, continuamos jogando em casa todas as partidas de volta, pois o Fluminense manda suas partidas no mesmo estádio que nós.

Portanto, isso é mais um argumento pra cornetar o cara. O que ele falou tem argumento sim, pois o pode ser conveniente pro Flamengo ficar em segundo, se for o caso de pegar um adversário mais fraco, ou que proporcione uma viajem menos cansativa.

Mas eu sei que você disso, mas prefere fingir que não sabe pra criticar o cara.

ian disse...

cara, larga de ser cornetero o joel falou isso pq nao quer pegar o america do mexico pq se nao o mengao vai ter q ir pro mexico no meio da semana da decisao do carioca, averigua os fatos, faça seu trabalho vc nao e um jornalista?

Anônimo disse...

Mas Ian, tu ainda não percebeu que a intenção do Maximínimo é tumultuar?

O negócio dele é contrariar e implicar mesmo...

pedro disse...

deixa o cara. eu acho a mesma coisa. segundo porra nenhuma. segundo é coisa de vice. flamengo tem que atropelar todo mundo. é campeão do mundo. não pode ter medo de ninguém. se não quer ficar cansado, não joga libertadores então porra. quer jogar libertadores para que, se não quer viajar?. tem que se impor e não tem que ter medo nem se for jogar lá no everest

Daniel disse...

Só uma coisa: o Oswaldo foi demitido do Vasco por cumprimentar o Felipão, e não o Leão...

Zoando os chorões!

Loading...