terça-feira, 20 de maio de 2008

Erick Flores é como boi de piranha

A diretoria estabeleceu multa de R$ 30 milhões para quem quiser contratar Erick Flores. Embora tenha talento, muita gente na Gávea o considera um boi de piranha que está sendo transformado em craque da noite para o dia, assim como aconteceu com Renato Augusto, para que outros jovens possam ir embora sem que ninguém sinta falta. Enquanto tenta mascarar a verdade supervalorizando um jogador mediano, a diretoria faz excelentes negócios com empresários que compram revelação das divisões de base do Flamengo a preço de banana. Quem deixa o clube ganha pouco noticiário, mas aquele que sobe para o profissional merece todas as atenções da imprensa. Pelo menos por um dia.

Nenhum comentário:

Zoando os chorões!

Loading...