quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Nota Oficial do Conselho Fiscal

---------- Forwarded message ----------

From: Conselho Fiscal <fiscal@flamengo.com.br>

Subject: Nota Presidência do Conselho Fiscal

To: fiscal@flamengo.com.br

NOTA OFICIAL DO PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL

O Presidente do Conselho Fiscal, diante dos termos da nota emitida pelos demais Presidentes de Poder, lamenta que os fomentadores de crises estejam sempre à esgueira por detrás das portas abaladas pela credibilidade e induzam pessoas de respeito a se envolver com fatos absolutamente corriqueiros numa sociedade plural e democrática.

O agressor quando reprimido se faz de vítima. Os vitimólogos têm contribuído muito com a Ciência do Direito, tentando explicar tal comportamento. Jamais houve qualquer ofensa ao ilustre Presidente do Conselho Deliberativo e muito menos expressões inadequadas.

Houve, apenas, uma reação a um ofício inadequado e ofensivo, tornado público pela internet, no qual, inadvertidamente, o insigne Presidente resolveu admoestar um colega, rebaixando o Conselho Fiscal a mero órgão assessor do Conselho Deliberativo, esquecendo dos votos sufragados pela maioria dos Conselheiros do seu próprio Poder, que permitiu a vitória dos atuais membros fiscalizadores.

Apesar das perseguições sofridas antes mesmo da sua posse, o Conselho Fiscal não tem se furtado em colaborar com as causas maiores do Flamengo, sempre que solicitado, porém, é de seu mister denunciar possíveis prejuízos ao Clube, e espera que os demais Poderes não se omitam quanto às suas obrigações estatutárias.

Avocações e postergações de julgamentos ao arrepio do Estatuto são inaceitáveis, não se constituindo o inconformismo do Conselho Fiscal, eleito para fiscalizar, ataques a honra ou a pessoa deste ou daquele titular de cargos, quer seja nomeado ou escolhido por votação.

Não há crise para o Conselho Fiscal, pois o Flamengo está em primeiro plano. Apenas exigimos respeito, não somente aos nossos membros, mas àqueles que lidimamente nos elegeram.

Aos srs. Conselheiros garantimos que o Conselho Fiscal continuará atento a qualquer tentativa de transação prejudicial ao Flamengo, seja a que título for, mesmo que se torne numa trincheira isolada de resistência, mas com a altivez dos que não temem o combate por uma causa maior, que é o Clube de Regatas do Flamengo.

Leonardo Ribeiro

Presidente do Conselho Fiscal

Nenhum comentário:

Zoando os chorões!

Loading...