quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Delair Dumbrosck entrega o ouro

O Presidente Interino Delair Dumbrosck confirmou a crise financeira que muita gente tenta esconder. O problema é tão sério que o Flamengo não tem dinheiro sem sequer para pintar os muros da Gávea e terá de pedir ajuda de torcedores voluntários. As tintas já estão sendo compradas, mas alguns sócios e Conselheiros acham que seria conveniente providenciar também óleo de peroba para passar na cara de uns e outros. Para quem não sabe ou se lembra, Delair era adversário político de Márcio Braga e Kléber Leite, mas de tanto incomodar acabou sendo convidado a se unir ao grupo e agora está onde quer: no poder. A prática é comum na Gávea. Kléber fez o mesmo com Marcos Brás recentemente.

23 comentários:

Raphael disse...

Isso é verdade, inclusive o Delair já perdeu uma eleição pro Márcio "Clodovil" Braga.

Anônimo disse...

AGORA QUE VIRAM QUE O FLAMENGO ESTÁ COM CRISE FINANCEIRA !!
MAS O QUE DIRIAM NO ANO DE 2004, QUANDO TODAS AS COTAS ESTAVAM ANTECIPADAS ATÉ 2005 E SE TINHA 560 MIL DE CRÉDITO NO MERCADO E TALÃO DE CHEQUE NÃO EXISTIA?
SEI A RESPOSTA:
VAMOS FECHAR O CLUBE...kkkkkkkk
Piadistas...

Anônimo disse...

Bom, se agora a diretoria finalmente QUER ajuda do torcedor, ela terá. Isso porque o Flamengo não é da diretoria, é de todos nós. Ajudo a pintar o clube COM PRAZER!

Joao disse...

O que é impressionante é que a gerencia de futebol do Fla,nunca foi comunicada que as finanças do clube estavam pessimas .Fazer uma divida de quase 6 milhoes pelo Fierro é realmente inacreditavel num clube quebrado !!!!!

Raphael disse...

Concordo plenamente, fizemos uma divida absurda por um jogador que nem sequer é aproveitado, nao sei quem definiu esse valor por ele. Baseado em que disseram que o Fierro valia 2,5 milhoes de euros ou dolares, já nem lembro mais.

Anônimo disse...

A gerêcia de futebol do Flamengo sempre soube de tudo, como diretores e conselheiros sempre souberam de tudo. Mas como se tinham pessoas responséveis e competentes no financeiro do Flamengo e que e na realidade estavam dando nó em pindo d'água, ninguém se dava conta ou quis ver a real realidade.
Talvez o maior erro, foi o financeiro algumas vezes não usar a palavra NÃO, é como um pai que faz todas as vontades do filho, depois quando ele cresce a tendêcia é que se torne arrogante e prepotente.
O Flamengo não tinha time de futebol em 2005, eram apenas 6 atletas no time profisonal que eram do Flamengo. Com muito trabalho é que se conseguiu chegar a onde chegamos hoje. Não estamos no ideal, aliais longe dele, mas como um filho arrogante e prepontente algumas pessoas de dentro do Flamengo esquecem do momento mais dificil da história do clube (2004 e 2005). Estavamos na U.T.I e hoje estamos no quarto sem a ajuda de aparelhos. O Flamengo não precisa da união de todos hoje, mas sim desde julho de 2003, por sinal o pior ano do Flamengo, quando estavamos na falência. Vejam bem hoje estamos em crise, em 2003, 2004 e 2005 estavamos falidos.
O ser humano é muito imediatista, só vive o momento e esquece ou não prefere lembrar do passado. As pessoas não querem olhar o que foi feito no Flamengo durante esses ultimos 7 anos, mas sim olham o porque de todos os problemas não terem sido solucionados. Ora, seria utopia achar que alguém vai chegar no Flamengo e como num passe de mágica resolver todos os problemas. Não pensem que a questão financeira será resolvida com o próximo presidente ou daqui a 5 anos, com Zico ou Leonardo na presidência. O que realmente vai saniar o clube é se continuar um trabalho que começou em julho de 2003.
Talvez este tenha sido o grande erro das finanças do Flamengo, não colocar toda a situação de maneira incisiva para que todos os seguimentos do Flamengo olhassem para dentro do próprio Flamengo, mesmo aqueles que por problemas pessoais torcecem contra. O medo de expor algumas pessoas, acabou fazendo com que outras pessoas se voltassem contra quem muito trabalho e em silêncio. O clube não tinha cheque, crédito e credibiliade. Vamos lembrar que em 2005 na vice presidencia de futebol, Gérson Biscoto, pessoa seria e honrada, ligou para o técnico Tite em um momento dificil que estavamos enfrentado e o mesmo até hoje não respondeu ou não retornou a ligação. Isso se deu pelo motivo do Flamengo não ter credibilidade alguma. Hoje apesar de todos os problemas o Flamengo não é tido no meio do futebol com um clube que assina e não cumpre ou caloteiro.
Só vamos sair dessa situação de maneira agil se todos os rubro negros derem as mãos e remarem juntos, não importando quem seja o presidente do clube. O que interessa é o bem do Flamengo, pois nós somos pasageiros e o Flamengo não.

Anônimo disse...

Qual a explicação para Marcelinho Paraíba e outros jogadores ouvirem que só receberão em 2010 um compromisso assumido pela diretoria em 2008? Por que os salários no Flamengo nunca estão em dia? Para onde vai todo o dinheiro arrecadado por um dos clubes com maior receita no país?

Para responder a essas questões, o LANCENET! inicia nesta quinta-feira uma série de reportagens sobre o caos financeiro que tomou conta da Gávea. Para se ter uma noção, dos R$ 94 milhões de receitas previstas para 2009, 88% serão usados para pagar dívidas antigas e recentes . Os quase R$ 12 milhões de diferença são insuficientes para arcar com os R$ 45 milhões anuais que o clube gasta com a folha salarial.

São tantos problemas que o vice de finanças nos últimos quatro anos, José Carlos Dias, renunciou ao cargo. Os novos responsáveis por administrar o dinheiro rubronegro – o vice Sebastião Pedrazzi e o diretor Luís Felipe Brandão – fizeram um relatório sobre os problemas do clube para 2009. O LANCE! teve acesso ao documento, que foi distribuído durante a última reunião do Conselho de Administração, assinado pelo presidente Marcio Braga e chamado por seus idealizadores de Pacote da Crise.

Nele, encontram-se 21 medidas para que o Flamengo tente superar a crise em 2009 e quase todos os compromissos financeiros que o clube tem a cumprir e a receber.

São tantas coisas que os novos administradores esqueceram-se de contabilizar no relatório receitas na casa dos R$ 40 milhões (com contrato de material esportivo e venda de jogadores) e algumas despesas na casa dos R$ 11,5 milhões.

Mas não é apenas com base nesse relatório que o LANCENET! decidiu fazer a série. O próprio José Carlos Dias fez um balanço de tudo o que foi pago na sua passagem pelo clube e o que ainda precisa ser feito. Outros dirigentes influentes na Gávea também foram consultados. E quase todos estão desnorteados diante do caos que está instalado.

Anônimo disse...

Não é somente por dívidas passadas que o Flamengo sofre para regularizar suas contas. Gastos da atual gestão somados a processos de administrações anteriores tornam nebuloso o panorama financeiro do clube para 2009 .

Boa parte das receitas já estão comprometidas. Pelo relatório oficial do clube, são pouco mais de R$ 94 milhões a receber. O problema são R$ 82,7 milhões de despesas antigas e assumidas em 2008 que precisam ser cumpridas esse ano.

Entre elas, aparece até mesmo um inusitado empréstimo de R$ 7,3 milhões pego junto à CBF e outras antecipações de receita que, somadas, chegam aos R$ 33 milhões.

Também existem despesas na casa dos R$ 3,8 milhões com comissões a empresários e luvas a jogadores como Obina, Marcelinho, Ibson, Leonardo Moura e Fierro, todas realizadas em 2008. Isso sem falar nos salários atrasados, num mútuo de R$ 1,7 milhão com o diretor de futebol Plínio Serpa Pinto (que adiantou dinheiro do próprio bolso ao Flamengo) e em R$ 470 mil por salários e prêmios (a classificação para a Copa Sul-Americana) ao técnico Caio Júnior.

Fora isso, existem dívidas “tradicionais” que mordem a conta do Flamengo ano após ano, como as ações judiciais de jogadores como Romário e Gamarra, ou das empresas de segurança Segil e PSP.

Por esses fatores foram criados grupos para buscar soluções emergênciais. Para o presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro, adversário pessoal do presidente Marcio Braga, o clube tem de reduzir entre R$ 50 e R$ 60 milhões de reais do orçamento. Segundo ele, o custo mensal do futebol é de R$ 5 milhões e a redução de 50% representaria economia de até R$ 30 milhões anuais.

– Um dia de Flamengo custa R$ 250 mil, com encargos da dívida. Houve um terremoto no fundo do mar e as ondas ainda não chegaram à praia onde a turma do futebol e outros setores tomam sol. Vemaí um Tsunami – ironiza Ribeiro.

Anônimo disse...

O SENHOR LEONARDO RIBEIRO REALMENTE DEVE TER NOÇÃO DO QUE VEM POR AI, POIS ELE ERA DA DIRETORIA DO EDMUNDO SANTOS SILVA, A MESMA QUE AFUNDOU O FLAMENGO. HOJE POR IRONIA DO DESTINO O SENHOR LEONARDO RIBEIRO É PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL, OU SEJA, RESPONSÁVEL POR FISCALIZAR OS GASTOS DO FLAMENGO.
RUBRO NEGROS, NA OPINIÃO DE VOCÊS, O SENHOR LEONARDO RIBEIRO TEM CREDIBILIDADE PARA SER PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL DO FLAMENGO?

Anônimo disse...

Para economizar e conseguir novas receitas, o Conselho Diretor do Flamengo propôs 21 medidas em caráter de urgência. Algumas ainda serão votadas pelo Conselho Deliberativo, mas já causaram um grande reboliço nos bastidores da Gávea.

Uma foi o 21º pedido, para autorizar a antecipação de recursos de 2010 para pagar contas de 2008. Só foi autorizada pelos conselheiros a captação de R$ 10 milhões para colocar os dois meses de salários de funcionários e jogadores em dia.

– São medidas como as de qualquer empresa que corta custos diante da crise – disse o vice de finanças Sebastião Pedrazzi.

Anônimo disse...

SE PEDE O EMPRÉSTIMO PARA PAGAR DÍVIDAS E CONSEGUIR NOVAS RECEITAS UM ADIANTAMENTO DE 10 MILHÕES REFERENTAS A 2010, PORQUE AS DE 2009, FORAM ANTECIPADAS 20% DAS RECEITAS E AS OUTRAS 80% ESTÃO COMPROMETIDAS COM DÍVIDAS ANTERIORES HA 2004. E OS IRRESPONSÁVEIS VÃO PARA O JORNAL FALAR QUE O CLUBE ESTÁ QUEBRADO OU NÃO TEM COMO PAGAR SUAS CONTAS. CONCLUSÃO SE DEMORA PARRA CONSEGUIR O EMPRÉSTIMO, PORQUE TEM PESSSOAS DE DENTRO DO CLUBE QUE POR PROBLEMAS PESSOAIS NÃO MEDEM SUAS AÇÕES E ATINGEM A INSTITUIÇÃO.
QUEM PAGA A CONTA?
RESPOSTA: CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO

Anônimo disse...

Apesar de nos últimos cinco anos ter registrado aumento das receitas maior do que o das despesas, o Flamengo só vê se agravar sua crise econômica. O problema é o passivo. Independentemente do mandatário, o clube continua com sua dívida crescente. Em 2008, ela atingiu a casa dos R$ 305 milhões.

Veja o especial do LNET! sobre a crise financeira do Flamengo

O fato representa um aumento de 1594% nos últimos 14 anos. Isso significa crescimento anual de 113% entre 1994 (quando o valor era de R$ 18 milhões) e 2008.

Marcio Braga, que assumiu em 2004 com o discurso de economia máxima para o Fla não fechar as portas, sentiu na carne os efeitos do montante. Só no atual mandato, a dívida cresceu R$ 93 milhões.

Vice de finanças até 2008, José Carlos Dias vê o crescimento da dívida como natural.

– A dívida vai aumentar sempre pois há correção, em média, de 8% ao ano – explica Dias, que também culpa os compromissos do passado por parte do caos financeiro atual. – Em 2008, nossa principal contratação foi o Lê. Pagamos R$ 1,8 milhão pela ação que ele cobrava na Justiça – afirma.

Há dentro da Gávea, porém, muitos que também responsabilizam a atual gestão pela crise.O aumento de 75% na folha salarial entre 2004 a 2008 é um dos pontos questionados dentro clube.

Um dos líderes da oposição, o presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro, QUE PARTICIPOU ATIVAMENTE DA GESTÃO DO EDMUNDO SANTOS SILVA, diz que o momento atual é mais grave do que o vivido após o impeachment do ex-mandatário.

O LANCENET! não conseguiu ouvir o presidente Marcio Braga, que está de licença médica. Seu vice Delair Dumbrosck rebate as acusações.

– É claro que todas as administrações cometem erros, mas hoje o Flamengo TEM CRÉDITO NA PRAÇA e posso garantir que não joga dinheiro pelo ralo como acontecia anteriormente. Mas o momento é de olhar para o futuro e não de discutir o passado – rebate Delair.

Anônimo disse...

NOSSA PRINCIPAL CONTRATAÇÃO FOI O JOGADOR LÊ EM 2008, E O SENHOR LEONARDO RIBEIRO PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL ATUALMENTE, ERA DIRIGENTE BEM PARTICIPATIVO NA GESTÃO DO EDMUNDO SANTOS SILVA, QUANDO O JOGADOR LÊ NOS COLOCOU NA JUSTIÇA E CULMINOU COM 1.800 MILHÃO DE GANHO DE CAUSA, QUE A ATUAL GESTÃO TEVE QUE PAGAR. SEM FALAR EM GAMARRA E OUTROS.
QUEM PAGA A CONTA?
RESPOSTA: CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO

Anônimo disse...

Com a palavra José Carlos Dias (Vice de Finanças do Fla de 2004 a 2008):

"Nos preocupamos com o passado"

"O aumento de R$ 60 milhões de 2006 para 2007 se deu por conta de juros de DÍVIDAS FISCAIS AUDITADAS DESDE 1967.
Com a perda do Reffis, elas foram corrigidas em R$ 30 milhões. O Flamengo alcançou em 2008 o quinto superavit primário consecutivo.
NENHUM CLUBE NO BRASIL TEVE ESTE DESEMPENHO.
As dívidas de Flamengo e Internacional foram as que menos cresceram percentualmente.
O PROBLEMA É QUE O CLUBE É UMA FAIXA DE GAZA. A POLÍTICA ATRAPALHA."

Anônimo disse...

Desde 2004, Fla aumentou receitas e gastos.

Presença da torcida nos estádios tem sido grande fonte de renda do clube.

Um dos principais argumentos da atual diretoria é que desde 2004 o clube conseguiu aumentar em 116% suas receitas. Isso se deu pela renegociação do contrato com a Petrobras, com a Nike e com a TV e pelo aumento de público nos estádios, gerando novas receitas de bilheteria.

Ao mesmo tempo que as receitas pularam de R$ 53 milhões para R$ 116 milhões, as despesas também cresceram em uma proporção um pouco maior. Em 2004, as despesas eram de R$ 40 milhões e, em 2008, chegaram a R$ 106 milhões. Um aumento de 165%.

A diferença é de 49 pontos percentuais entre o aumento de receitas e despesas. O clube se defende.

– Mesmo assim tivemos superávit primário em todos os anos. Gastamos menos do que arrecadamos – disse José Carlos Dias.

Anônimo disse...

Simplsmente não é verdade parte do que foi dito acima, essa diretoria é incompetente e se for tirar aqueles que estavam com edmundo fica com 3 ou 4, afinal ele pagou por muitos que estavam com ele e que estão ai.Outra coisa , quem aprovou a ISL? O Márcio votou a favor, então falar do passado é importante, mais distorcer fatos é outra coisa, na verdade o Hélio Ferraz em 2003 foi quem segurou o pepino e depois essa diretoria atrapalhou tudo.Sem falar na crise, pois uma hora é a crise mundial ,outra hora é o Edmundo, no entanto essa diretoria é perfeita, tá de brincadeira. Apesar de ter gente competente e honesta, esses são poucos, a maioria não presta e o presidente so que saber de ter o poder, faz acordo com qualquer um para isso e esta sempre vendendo a almoço para comprar o jantar.Eles também não escutam ninguem e quando a merda fede ficam falando do passado como se não estivecem no clube.O melhor para o clube era essa diretoria sair imediatamente e o Hélio assumir , pois tem credibilidade .Outra coisa importante era controlar o dinheiro com uma comissão de pessoas com respeito , e o clube tem muitos, agora ficar com Kleber no futebol que já detonou o clube no passado é o fim.E sobre o clube não esta quebrado, ou o presidente mente ou a diretoria discorda dele pois a muito que ele fala que o clube esta quebrado, e nem nisso essa diretoria é competente, pois se for para mentir , pelo menos mitam juntos.Gostaria de saber também da onde vem o competencia desses que estão ai, onde trabalham e se já administraram uma divida de 300 milhões?Falta é honestidade na diretoria, e o resto é decorrente disto, sem honestidade nada funciona.

Anônimo disse...

falaram em remar juntos, aproveita e fala dos recibos falsos que estão no conselho fiscal do clube e o inquerito no mp que trata de desvio de dinheiro público ocorrido no remo do clube, além das comissões que tentaram abafar o caso para proteger aliados do presidente.Alguns so querem união, mais antes tem que julgar os crimes , as improbidades e unir com quem presta e não que usar o clube para se promover.

Anônimo disse...

MAIS ENFRAÇADO É QUE TEM ALGUÉM AQUI QUE SÓ SABE FALAR EM CRISE ANTES DE 2004... PQ SERÁ QUE HOUVE TANTO AUMENTO?... SERÁ QUE A CULPA É SÓ DO EDMUNDO SILVA?... TENHO CERTEZA QUE NÃO...

VALTINHO - RECIFE

Anônimo disse...

É O SEGUNDO ANÔNIMO... SÓ FALA EM CHQUES SEM FUNDOS... LEMBRE-SE DE QUE POR CAUSA DESSA HISTÓRIA DE DIZER QUE O CLUBE NÃO TINHA NEM CHEQUES QUE HÉLIO FERRAZ FICOU PUTO COM MÁRCIO BRAGA E SUA TURMA DE INCOMPETÊNTES... A COMEÇAR PELA ASSESSORIA DE IMPRENSA

Gilcimar disse...

o flamengo tem a maior torcida do mundo, mas nao tem a maior administração do mundo, e como flamenguista que sou, fico triste com isso. o flamengo nao tem escelentes administradores, por isso essa crise existe, por falta de competência dos dirigentes do FLA.

Gil Vieira
De rio branco Acre

Gilcimar disse...

o flamengo tem a maior torcida do mundo, mas nao tem a maior administração do mundo, e como flamenguista que sou, fico triste com isso. o flamengo nao tem escelentes administradores, por isso essa crise existe, por falta de competência dos dirigentes do FLA.

Gil Vieira
De rio branco Acre

indignado disse...

Voces falam de um dirigente que passa cheques sem fundos,(documentos que comprovam neste blog)que demitiu funcionarios que denunciaram falcatruas no edificio Hilton Santos, causando prejuizoa ao Clube de aprocimadamente hum milhao de reais, apurado por comissao de conselheiros do Flamengo,se continua fecha as portas do Clube.

Anônimo disse...

A culpa das dificuldades financeiras do Flamengo sao os associados que na hora de pe4nsar no Clube,pensam em beneficios como,ingressos de especiais,chefia de delegacoes,CABIDES DE EMPREGOS, tietagem a jogadores e outros benificios, por estes motivos,
quem decide eleicoes no flamengo sao os cabos eleitorais,os mesmos que defendem a presidencia, pois a diretoria continua a mesma de 10 anos ou mais,Patricia Amorim (vice Esporte Amado Edmumdo,Marcio Braga, Jose Carlos Dias,Vice-administracao Edmundo,Helio Ferraz e Vice-financas Marcio Braga,Luiz Veloso,George Helal,Leo Rabelo,Leonardo Ribeiro(cap Leo) Alexandre Lima, Arthur Rocha,Gilberto Cardoso e outros falta aos Socios terem vengonha,votare3m na proxima eleicao,como flamenguistas que tem amor ao Clube e tirar estes individuos que deterioram o Flamengo a Anos.

Zoando os chorões!

Loading...