quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Agora resta torcer contra o rebaixamento

O Flamengo não conseguiu vencer o lanterna do Brasileiro e está fora da Copa Sul-Americana, competição que pouca gente dá importância mas que rende dinheiro e prestígio ao Campeão, pois além do título internacional também dá direito a disputar uma Recopa com o vencedor da Libertadores e participar de um torneio no Japão.
Com a eliminação o ano praticamente acabou para o Mais Querido, pois não existe a menor possibilidade de lutar pelo Hexa ou mesmo chegar entre os quatro primeiros. O que resta é torcer para não cair, algo que já está virando rotina. Andrade ganhou alguns refoços, mas Maldonado e Álvaro não vão resolver os problemas do time.
O empate com o Fluminense, mesmo com o árbitro tendo marcado um pênalti que não existiu, mostra como o Flamengo está ruim. E não é apenas tecnicamente. Acabou o respeito e não há profissionalismo. Cada um faz o que quer. Falta comando e alguém com pulso firme para colocar ordem na casa. Marcos Braz não parece ser essa pessoa.
Comenta-se na Gávea que Adriano fingiu estar com dores para não jogar, mas isso a imprensa pautada por empresários e dirigentes não diz porque precisa manter o noticiário positivo em torno do astro da Seleção para lucrar e sobreviver. Se Adriano resolvesse parar de dar entrevistas seria um prejuízo danado e ninguém quer isso.

5 comentários:

Pajé disse...

Eu como todos os flamenguistas já não aguentamos mais essa situação, já estamos há algum tempo passando por isso e ninguém faz nada. Até quando vamos ter que aturar essa sacanagem ?

Anônimo disse...

Isso é falta de vergonha na cara de todos pajé !!!!

Anônimo disse...

ainda temos q aturar esse Roni.

Anônimo disse...

Veja no que o Flamengo se transformou...

Anônimo disse...

Realmente o ano acabou. Torcer para não cair (novamente) é dose!!!

Zoando os chorões!

Loading...