quarta-feira, 11 de junho de 2008

Kléberson negocia sua transferência

O Flamengo vive dias de graça, mas os jogadores precisam lembrar que dois resultados negativos no Brasileiro são suficientes para acabar com essa alegria. O momento requer cautela e pés no chão, mas quem nunca conquistou nada na carreira se orgulha com a liderança provisória e comemora terceiro lugar como título. A FlaPress não se contenta com pouco e vai continuar cobrando profissionalismo.
O material produzido pela imprensa está cada vez mais previsível e infantil. É evidente que Ibson deseja repetir o feito do ano passado contra o São Paulo, quando marcou um gol, assim como Tardelli espera ser mantido como titular e Bruno continuará bancando o bom moço para se livrar das acusações de agressão a um torcedor na rua. O leitor inteligente pode constatar que não há qualquer notícia relevante.
A novidade do momento é o meia Aírton, que já está sendo apelidado de monstro pelo vigor físico. Para criar uma cortina de fumaça e esconder a saída de outros jogadores do time de juniores a preço de banana, a diretoria planta esse tipo de informação e cria expectativas sobre um jogador mediano que ninguém sabe ao certo se vingará. Isso acaba prejudicando o próprio atleta, pois a pressão aumenta.
Enquanto perde tempo publicando abobrinhas, a imprensa se esquece de Kléberson, que sempre esnobou o Flamengo e nunca escondeu de ninguém que está na Gávea de passagem a espera de uma chance de voltar para a Europa. Comenta-se pelos cantos do clube que a lesão que ele diz ter não existe. O pentacampeão, que aparenta ter um rei na barriga, está se poupando porque já negocia sua transferência.

Um comentário:

Anônimo disse...

Gostaria de parabenizar a pessoa que escreve aqui nesse blog. Aqui sim você sabe da verdade e da realidade que acontece dentro do maior clube do mundo !

Zoando os chorões!

Loading...