sábado, 31 de janeiro de 2009

Troca de e-mails incomoda diretoria

O vice de futebol Kléber Leite disse publicamente que existe uma guerra política no Flamengo e que o processo eleitoral já começou. Em entrevista ao canal Sportv, acusou a oposição de tumultuar o ambiente na Gávea e reclamou de alguns e-mails trocados entre Conselheiros. Abaixo o motivo de tanta irritação.


---------- Forwarded message ----------
From: emilio habibe <emiliohabibe@gmail.com>
Date: 2009/1/28
Subject: Mensagens Rubro Negras
To: ceprojus@uol.com.br

De: "FCGularte" fcgularte@fcginternational.com
Para: linhadepasserubronegraespecial@yahoogrupos.com.br
Cc: "'F Salazar'" <ffsalazar@terra.com.br>, "'Rosco'" <rosco@terra.com.br>, emiliohabibe@yahoo.com.br, walteroaquim@yahoo.com.br, "'Luciana Dunshee'" ludunshee@infolink.com.br.

Querido Sansão,
Infelizmente o CRF vive os "tempos de chumbo". Acabou a DEMOCRACIA, o livre e garantido direito constitucional de poder expressar opinião e, criticar abertamente uma administração, que à luz da realidade dos fatos é, no mínimo, inconseqüente. Foi exatamente por criticar e expor os erros e o desfecho das opções equivocadas desta administração, principalmente na área de finanças é que foi pedido, pelo Sr. José Carlos Dias, ao Conselho de Administração, a minha punição e a do Sócio Emérito e Conselheiro, Emilio Habibe.
Alertamos para a verdade da situação que estava por vir a continuar as mágicas financeiras, os estouros de orçamento amparados por receitas fictícias, transações sem qualquer transparência, contratos rompidos unilateralmente, etc, etc...Simples planejamento e estudo dos números, coisa que, acredito, se foi feito, passou longe de qualquer margem de erro.
Erraram 100%.Curioso é que, vinha sendo falado pelo Presidente do Clube, durante 1.095 dias de maciça propaganda positiva através da "Palavra do Presidente" , que o CRF estava equacionado, que não tinham mais dívidas, estávamos diante de um modelo administrativo de sucesso, que os impostos estavam em dia, e a folha, etc...
Fora que o "ganhamos financeiramente com um elenco valiosíssimo", não vou nem comentar os esportes olímpicos. Tudo mudou em 20 dias .....Curioso ainda mudou e, o verdadeiro CRF se desnudou, assim que saiu o VP de Finanças, que fez tantos sacrifícios pelo CRF, segundo ele próprio, que acreditei que estávamos diante de um novo Messias e, por isso, eu deveria mesmo merecer a tal punição.
Tudo seria cômico não fosse trágico, diante do atual Quadro caótico das finanças, do enorme prejuízo do Balanço, da falta de CND, do desastre do aumento da dívida tributária, os escândalos confirmados nas transações com os jogadores, vão punir dois Conselheiros porque tentaram, amparados pelo Art. 24, alertar para a situação que hoje se configura e, prova com quem e, de que lado, estava a razão.
Mas, conforme circula no Maracanã, "tem que punir, eles são OPOSIÇÃO. Fica a pergunta : Tem alguém a favor deste modelo que gestão? Tem alguém a favor do que se fez no CRF para levá-lo a esta situação ?Entretanto, continuo acreditando que o CRF é viável, basta vontade, ética, transparência e, encerrar as "lutas de classe" internas do Clube, capitaneadas pelos Senhores Feudais que fazem do CRF a extensão de seus negócios.
Só um projeto sério que leve o CRF ao lugar aonde deveria estar, independente de quem foi responsável pelo atual "status quo" pode salvar o CRF e, virar este jogo. Qualquer outra opção é CONTINUÍSMO. Portanto, chega de Revanchismo. É chover no molhado apontar os erros desta administração e, de alguns de seus colaboradores, já que nem todos erraram. É enxugar gelo, apontar nomes, revirar o passado e, procurar culpados, todos no CRF sabem quem são estes "administradores" e o resultado de suas ações para o CRF.
O Flamengo precisa do novo, de uma equipe nova, chega dos mesmos que erram por pelo menos 15 anos à frente do Clube, passando de uma administração a outra. O CRF precisa renovar, dar a chance ao novo. Novas idéias, novos ideais, sem perseguições para que seja possível trabalhar. Um plano para salvar o CRF está sendo preparado mas, com certeza não apresentará saídas através de um novo CNPJ, nem com uma sociedade empresária e, muito menos, se pagando profissionais salários incompatíveis com a atual situação financeira.
Volto a insistir, a marca Flamengo é maior que o Clube, "em cada esporte um ídolo", o gerenciamento da marca leva o Flamengo ao topo do mundo mas, continuamos olhando para o próprio umbigo, mandando nossos ídolos embora e, destruindo a paixão pela "marca" tudo em nome de um negócio chamado futebol, circunscrito à compra e venda de jogadores. Puro mercantilismo. É essa a saída para o CRF ? Até aonde se sabe, o CRF sempre foi o que formou, gastou, investiu e, foi o que menos recebeu neste modelo.
O futebol sangrou todas as receitas do Clube, inviabilizou todas as outras atividades e, a saída encontrada foi "tirar o sofá da sala" . Novo CNPJ, vai-se o futebol ficam as dívidas e um Clube semi destruído, sem atrativos, localizado no endereço mais nobre do Rio de Janeiro.SRN / FCGularte

Um comentário:

Raphael disse...

O que que o e-mail do Walter "ladrão" Oaquim tá fazendo nesse meio? Esse cara é um safado!

Zoando os chorões!

Loading...