domingo, 15 de março de 2009

Flamengo não bate nem em bêbado

Os atacantes do Flamengo não conseguiram superar a defesa do lanterna da competição e os jogadores admitem falta de tranquilidade no momento de definir, mesmo contra adversários tão inexpressivos como o Tigres. Bruno reconheceu a falha no gol e Cuca achou que a vitória não era merecida, apesar do pênalti perdido.
O empate teve algumas passagens que provam tudo que a FlaPress vem publicando há tempos: primeiro a reclamação de Fábio Luciano, em campo, dizendo que ninguém deveria estar sem receber salários no país e depois a escalação de Obina, que continua muito acima do peso, mostrando que Cuca não tem autonomia.

6 comentários:

Anônimo disse...

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/4000

Anônimo disse...

se empatou com o Tigre de Bengala vai ganhar de quem meu Deus?

Anônimo disse...

Todo jogador que vai para a Gávea sabe que lá é essa bagunça mesmo. Sabe que vai atrasar o salário e levar calote. Quem topa é para aparecer e ser transferido depois para um clube organizado e profissional. Essa mulambada tem que se espelhar no time de basquete e no corôa do ping pong e jogogar bola. Já tá todo mundo rico.

Anônimo disse...

Nunca vi o Flamengo passar esse tipo de vergonha com o excepcional Andrade em campo. Cala boca Bruno!

Anônimo disse...

Srs Colunistas e administradores do FlaPress. Gostaria da colaboração de voces para a divulgação do Manifesto (abaixo assinado) em prol de um investigação no Fla pelo ministério público e polícia federal. Com a divulgação do Flamengo RJ, creio que teremos mais confiabilidade e consequentemente mais flamenguistas irão aderir ao manifesto. O link é este: http://www.abaixoassinado.org/webroot/abaixoassinados/4000 Não sou membro de diretoria, nem de organizadas, só um torcedor que ama muito o Flamengo e quer o fim do desmando e da corrupção no clube. Poderiam fazer uma matéria sobre o assunto... se quiserem fazer contato comigo, meu e-mail: marhaw@pop.com.br. Precisamos de pelo menos umas 10.000 assinaturas para que possamos encaminhar aos orgão competentes. E o apoio de vc´s será fundamental para o êxito do manifesto. Grande abraço: Sildenir Alves Ribeiro

Anônimo disse...

O Flamengo conseguiu uma nova medida paliativa para os cofres vazios. O empréstimo de R$ 10 milhões de um banco foi liberado. A garantia pedida pela instituição financeira foi o patrimônio do ex-vice de finanças do Rubro-Negro, José Carlos Dias, conforme o GLOBOESPORTE.COM antecipou na última segunda-feira.

Pequenos detalhes burocráticos ainda impedem a transferência do dinheiro, mas até quinta-feira a expectativa é de que o salário de janeiro do elenco de futebol seja quitado. Os demais funcionários têm a receber metade do 13º, janeiro e fevereiro.

Independentemente da situação financeira, a relação da torcida com o elenco atual beira o insustentável. O título Sul-Americano e, sobretudo, a dedicação do time de basquete, que estava sem receber há quatro meses, pesaram contra os atletas do futebol.

No sábado, durante o empate por 1 a 1 contra o Tigres, os torcedores que estavam no Maracanã gritaram que o "basquete era o orgulho da nação (rubro-negra)". O próprio técnico Cuca contribuiu para o mal-estar ao afirmar que o time precisa correr mais.

A primeira medida efetiva contra os jogadores será tomada assim que o salário cair na conta. Uma das torcidas organizadas prepara a seguinte faixa de protesto, em que exige os três pontos contra o Vasco, no domingo: "Mercenários: vocês têm o dinheiro, agora nos deem a vitória".

Zoando os chorões!

Loading...