sábado, 11 de abril de 2009

Texanos levam volta de Rubro-Negros

Essa é mais uma das tantas histórias comentadas na Gávea, que imprensa pautada por empresários e dirigentes nem sequer se dá ao trabalho de tentar apurar para comprovar a veracidade.
Antes de acertar a renovação do patrocínio com a Petrobrás, um representante do Flamengo foi a sede da Texaco e assinou um contrato com os texanos. Na volta para o Brasil, jogou o contrato na mesa da concorrente, que não hesitou em cobrir. O episódio criou problemas para o executivo da empresa americana responsável pela negociação, que só não foi demitido porque convenceu os superiores que também foi vítima de um golpe. Sem dúvida algo muito positivo para a imagem do Mais Querido do Mundo no exterior, do qual a diretoria deve se orgulhar, pois de um jeito ou de outro atingiu o objetivo.
Na Gávea comenta-se que a Petrobrás está anunciando sua saída e os mesmos estrategistas que usaram os americanos estão repetindo o feito com a OI. Entre Associados e Conselheiros fala-se em comissão milionária e muitos questionam sobre quem lucraria mais com a mudança, tendo em vista que a empresa de telefonia engatinha enquanto o centenário Flamengo está entre as marcas mais poderosas e valorizadas do mundo.

Um comentário:

Anônimo disse...

T'ao queimando o filme do flamengo la fora

Zoando os chorões!

Loading...