sexta-feira, 3 de julho de 2009

Noitada pode ser a causa da ausência

A desculpa de Adriano não convenceu ninguém. Aliás, os únicos que fingiram acreditar no atacante foram os dirigentes e o técnico Cuca, que não viu nada demais na ausência e disse que probleminhas acontecem. Comenta-se pelos quatro cantos da Gávea que Adriano tomou um porre daqueles na noite anteiror e acordou de ressaca, sem condições de treinar. O excesso de álcool provocou uma dor de barriga, que foi comprovada pelo médico do clube. Os péssimos exemplos estão contaminando o já poluído ambiente. Vários jogadores notaram há tempos que não existe comando e cada um faz o que bem entende. Talvez seja por isso que o clube não conquiste um título expressivo desde 1992.

6 comentários:

Anônimo disse...

Foi isso mesmo !! Eu encontrei com ele as 4 da manha saindo de uma boate na barra com 2 mulheres. Fora Adriano já !!!!

Um Rubro -negro disse...

É esse o cara que exige a camisa 10? Isso é muita sacanagem com o Zico. Os dirigentes vão mais uma vez passar a mão na cabeça desse irresponsável e fingir que nada aconteceu.

O problema é que o exemplo tem que vir de cima e essa diretoria que aí está não tem a mínima moral.É indecente.

No nosso Flamengo de hoje joga quem quer, treina quem quer, empresário escala, jogador paga o salário do outro, jogador indiciplinado escolhe o número da camisa. É muito amadorismo junto! Tá uma zona! Assim não iremos a lugar algum.

Anônimo disse...

Ajuda Pajé...

Pajé disse...

Estou ficando cansado de ver essas palhaçadas com o maior do mundo, realmente é de dar nojo !!!

Anônimo disse...

Pior ainda é o Cuca dizendo que probleminhas acontecem. Me poupe!!!

Anônimo disse...

um jornalista do Globo deu uma nota sobre isso. FlaPress é foda. Chutou e acertou direitinho

Zoando os chorões!

Loading...